Granuloma piogênico

Granuloma piogênico – Popularmente conhecido como 'carne esponjosa',  é uma proliferação de vasos sangüíneos superficiais da derme associada a uma infecção bacteriana, que forma uma lesão tumoral secundária a um traumatismo, a introdução de um corpo estranho de qualquer natureza numa região da pele. Pode ocorrer em qualquer área, mas é muito freqüente como complicação de um quadro de onicocriptose.


É uma lesão por solução de continuidade. Apresenta-se avermelhada ou arroxeada, úmida, de consistência mole e que sangra facilmente aos pequenos traumatismos.


O seu crescimento é rápido e o sangramento pode dar origem à formação de crostas escuras sobre a lesão. Geralmente acompanha-se de processo inflamatório local, com edema, eritema e dor na pele ao redor da lesão.
 


Tratamento:
É necessário retirar a espícula (pedaço de unha) que está penetrada na prega ungueal.


Como o granuloma faz parte do tecido cicatricial, são células de cicatrização, com a retirada da espícula, essas células perdem a função e começam a necrosar.


O procedimento é feito pelo podólogo, assim como curativos e acompanhamento do crescimento da unha para que não volte a encravar.